Odontopediatria – Como cuidar da saúde oral das crianças?

Odontopediatria – Como cuidar da saúde oral das crianças?

As crianças e jovens são seres humanos que necessitam de atenção especial a nível de tratamentos dentários, pois, na maioria das vezes, não têm conhecimento do que pode acontecer se não cuidarem da saúde oral e, mais importante, como cuidar da mesma.

Como tal, torna-se essencial educar os filhos e os pais, para que os comportamentos menos adequados sejam corrigidos. Uma das especialidades que auxilia na educação e no tratamento de doenças dos dentes das crianças é a Odontopediatria.

A Odontopediatria, no entanto, não se foca apenas nas crianças, este é uma especialidade que se preocupa com a manutenção da saúde oral das crianças, mas também dos adolescentes e pacientes com necessidades especiais.

Porque é essencial cuidar da saúde oral das crianças?

As crianças, desde pequenas, devem aprender como cuidar da saúde oral, caso contrário existe grande probabilidade de terem complicações quando mais crescidos. É importante ensiná-los que devem evitar, ao máximo, os doces e que, após as refeições, devem fazer a higienização dentária. Mais importante, devem aprender como fazer essa higienização.

Ensinar as crianças hoje, irá protege-las amanhã.

Como cuidar da saúde oral das crianças?

De modo a que a criança aprenda a cuidar da sua saúde oral, existem três técnicas que lhe deve ensinar a nível de higienização. Essas três técnicas são a escovagem dentária, o uso do fio dentário e do flúor.

  • Escovagem dentária

dentes criança - odontopediatria

A escovagem dentária é uma técnica muito importante e é a primeira a ser ensinada para a saúde oral das crianças. Esta deve durar uma média de 120 segundos, ou seja, dividindo a boca em quatro quadrantes, 30 segundos para cada um deles.

Comece por escovar os dentes superiores, do lado externo, durante 20 segundos. Logo depois, faça o mesmo nos dentes inferiores durante mais 20 segundos. O próximo passo será a zona interna dos dentes, onde deve despender 20 segundos na zona superior e mais 20 segundos na zona inferior. Finalmente vem a superfície de mastigação, onde deve despender mais 20 segundos na superior e na inferior.

Por último deve escovar a língua de modo a evitar a acumulação bacteriana que ocorre ao longo do dia.

Desta forma a criança conseguirá aprender a escovagem dos dentes durante o tempo adequado, algo que, mesmo em adultos, não ocorre.

  • Fio Dentário

O passo seguinte é o fio dentário. Este deve ser usado uma vez por dia, preferencialmente antes de ir dormir, pois é quando tem mais tempo para o fazer.

O fio dentário deve ser passado nos espaços entre os dentes, em ambas as faces do dente. Os movimentos devem ser suaves, para evitar o traumatismo, mas, nos primeiros tempos, existe possibilidade de sangramento. 

  • Flúor

Por último tem-se o flúor que ajuda a completar toda a higienização que irá melhorar a saúde oral da criança. O flúor deve ser usado através de bochechos, de acordo com as instruções encontradas na embalagem.

Que cuidados se deve ter na alimentação?

A alimentação é um excelente aliado na manutenção da saúde oral da criança. Para que consiga uma excelente parceria com a higienização deve ensinar a criança a evitar os doces ou quaisquer outros alimentos ricos em corantes e doces.

Deve, ainda, ensiná-la a cortar os alimentos e a não abusar de alimentos duros.

Leve a sua criança ao dentista

odontopediatria e dentista para criança

Um dos hábitos que deve ser implementado na criança é a visita regular a um dentista. Leve a criança a um dentista especialista em Odontopediatria regularmente, no minimo anualmente ou de 6 em 6 meses, e explique-lhe que esta é a melhor forma de prevenir possíveis complicações a nível de saúde oral, como as cáries.

Desta forma, quando a criança crescer, esse hábito torna-se uma rotina que impedirá complicações a longo prazo.

branqueamento dentarioLiliana-Santos-Direclin